coaching contábil

Conceito De Análise SWOT

Conheça mais sobre esta ferramenta tão utilizada no mundo empresarial

A Análise SWOT é uma ferramenta utilizada para fazer análise ambiental, sendo a base da gestão e do planejamento estratégico numa empresa ou instituição. Graças à sua simplicidade pode ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário, desde a criação de um blog à gestão de uma multinacional.

Esta análise foi creditada a Albert Humphrey, que foi o líder de uma pesquisa na Universidade de Stanford nas décadas de 1960 e 1970, que usava dados da revista Fortune das 500 maiores corporações.

Esta ferramenta consiste na aplicação de quatro tópicos analíticos sobre a empresa a fim de identificar quais os pontos positivos e negativos que a companhia possui, além de mensurar possíveis oportunidades que a empresa pode explorar ou até ameaças mercadológicas as quais ela também estará exposta.

Estudo Dos Quadrantes

Quando falamos sobre a Análise SWOT devemos saber que a sigla “SWOT”, quer dizer Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats que traduzindo do inglês significam Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

Bom agora que já sabemos o que quer dizer a sigla SWOT, vamos falar um pouco de cada um desses quadrantes, mas primeiro devemos definir que as forças e fraquezas se tratam do ambiente interno da empresa, já as oportunidades e ameaças vem do ambiente externo. Dito isso vamos começar a desmembrar mais destes quadrantes.

S – Strenghts (Forças)

Quando falamos das forças de um negócio, estamos falando dos pontos fortes da empresa, como por exemplo: o custo do seu produto/serviço, a qualidade, a localização da empresa, a união da equipe de trabalho, o tipo da matéria-prima, a estratégia de distribuição, entre outros.

Sempre se lembre que o objetivo deste quadrante é definir o grande potencial da empresa, ou seja, os elementos que trazem benefícios para o próprio negócio em relação ao mercado e isso inclui recursos e capacidades que geram vantagens para a empresa.

Nós da Coaching Contábil sempre falamos que saber identificar os pontos fortes de seu negócio é fundamental, afinal, você precisa vender aquilo que faz e oferece de melhor e transformá-lo no seu maior aliado.

Perguntas para ajudar a definir suas forças:

  • Quais nossas melhores atividades e processos?
  • Quais nossos melhores produtos?
  • Quais nossos melhores recursos?
  • Qual nossa maior vantagem competitiva?
  • O que seus clientes apreciam em sua empresa?
  •  

W – Weaknesses (Fraquezas)

O segundo ponto de análise do ambiente interno são as fraquezas de seu negócio, definir elas são de suma importância, pois as fraquezas são os pontos mais vulneráveis da empresa em relação aos concorrentes.

Alguns exemplos de fraquezas de um negócio, podem ser a baixa visibilidade, falta de diferenciação, comunicação deficiente, falta de coesão na administração, equipe insuficientemente capacitada, reputação duvidosa.

Como podemos ver acima há vários exemplos de fraquezas no ambiente empresarial, mas todos só poderão ser resolvidos pela própria empresa, já que se trata de algo pertencente ao ambiente interno da empresa.

Perguntas para ajudar a definir suas fraquezas:

  • Nosso pessoal está devidamente capacitado?
  • Nossas matérias-primas são de qualidade?
  • Nossos processos são confiáveis?
  • Conhecemos nossa concorrência?

O – Opportunities (Oportunidades)

As oportunidades fazem parte do ambiente externo da empresa, ou seja, aquilo que não está no controle da empresa.

As oportunidades como o nome mesmo já dizem são as forças externas que influenciam positivamente o negócio, normalmente estes fatos tem grande potencial de fazer crescer a vantagem competitiva da empresa.

Alguns exemplos de oportunidades vinda do ambiente externo são o mercado em expansão, alianças estratégicas, novo segmento no mercado, demanda de novos produtos e/ou serviços, saída de um concorrente, entre outros.

Perguntas para ajudar a definir suas oportunidades:

  • Quais são as tendências do mercado?
  • Há previsão de melhorias urbanas em sua localização?
  • Há previsão de eventos em sua área de negócios?
  • Algum programa de governo pode lhe carrear clientes ou serviços?

T- Threats (Ameaças)

As ameaças são o inverso das oportunidades, ou seja, são fatores externos que influenciam negativamente seu negócio, as ameaças devem ser tratadas com bastante cautela, pois podem prejudicar não apenas o planejamento estratégico da empresa, mas também os resultados.

Como exemplos de ameaças podemos citar novos concorrentes, guerra de preços, concorrência predatória, novas tecnologias, crise econômica, instabilidade política, novos tributos.

É preciso muita atenção para conseguir identificá-las o quanto antes, por mais que seja uma ação externa, só assim é possível coibir, dentro do possível, as consequências que podem gerar à empresa.

Perguntas para ajudar a definir suas ameaças:

  • Há novos produtos ou serviços surgindo em seu mercado?
  • Há novos concorrentes se instalando em sua área?
  • Há mudanças tecnológicas que possam afetar seus processos ou produtos?

Análise De Resultados

Após encontrar as forças e fraquezas do ambiente interno e as oportunidades e ameaças do ambiente externo, devemos agora fazer uma análise destes resultados para começarmos a fazer nosso planejamento estratégico.

Esta análise consiste em agrupar o resultado dos quadrantes, como podemos ver na imagem abaixo, nós faremos de novo o diagrama, mas desta vez analisaremos as seguintes conjunções, desenvolvimento, manutenção, crescimento e sobrevivência.

Desenvolvimento (Forças + Oportunidades)

Esta análise é responsável por aproveitar ao máximo as Forças para maximizar as Oportunidades.

Manutenção (Forças + Ameaças)

Com esta análise deveremos potencializar as Forças de nossa empresa para minimizar os efeitos das ameaças.

Crescimento (Fraquezas + Oportunidades)

Neste caso deveremos utilizar esta análise para desenvolver estratégias que minimizem as Fraquezas, e otimizem usufruir das Oportunidades.

Sobrevivência (Fraquezas + Ameaças)

Neste último quadrante analisaremos como desenvolver estratégias que minimizem as Fraquezas, e possivelmente, contornem as Ameaças.

Espero que este artigo tenha conseguido levar um pouco mais de conhecimento para vocês meus caros amigos.

Ajudem ao nosso blog crescer, sugiram temas de seu interesse para ser abordados por nós, agradecemos desde já sua ajuda !

Obrigado por nos ajudar a desenvolver esse blog

Posts Relacionados

No posts found!